PODOLOGIA (CABEÇALHO)

R7

PALESTRAS

Unha encravada (Remoção)

Procedimento com LED

terça-feira, 4 de setembro de 2012

TIPOS DE PÉS


 Tipos de Pés

            Os 2 arcos do pé são o longitudinal e o transverso. O suporte extrínseco é dado pelos músculos da perna e o intrínseco pelos ligamento e musculatura do pé.
            O pé plano ocorre pela ajuda do arco longitudinal do pé. Os ossos do tarso tendem a formar uma linha reta em vez de um arco, perdendo a função de amortecimento.

           
                                                                Pé Plano

           
No pé cavo, o arco longitudinal é muito acentuado, há excesso de pressão nas cabeças dos
metatarsianos que estão abaixadas, com formação de calosidades e fascite plantar por processo de
corda de arco.
       
           
                                                                     Pé Cavo

            O arco transverso do pé é formado pelos 5 metatarsianos. Com sua queda, as cabeças do 2º ao 4º metatarsianos passam a tocar o solo, ocorrendo a contratura do m. adutor do hálux. Pode haver a formação do hálux valgus. O apoio anormal dos metatarsianos leva também à formação de calosidades plantares e à metatarsalgia crônica. A persistência dessas alterações leva à artrose precoce.
                                                                 Arco Transverso

           
            No pé supinado ou varo, apresenta a queda lateral do arco transversal, o tendão calcâneo se torna varo. Pode estar associado ao pé cavo e/ou a um joelho geno-varo. Devemos estabelecer equilíbrio dos músculos dorsais e plantares e os exercícios devem estar associados a outras deformidades.
                                                                  Pé Supinado

            No pé pronado ou valgo, apresenta queda medial do arco transversal, o tendão calcâneo se torna valgo. Pode estar associado ao pé plano e/ou a um joelho geno-valgo. Os exercícios devem seguir os mesmos princípios do pé supinado.





                                                                                                                                                       Pé Pronado
            O pé convergente, é caracterizado pela rotação medial do tornozelo, o hálux se aproxima da linha medial. Os exercícios devem priorizar a inversão da rotação do tornozelo e estabelecer um equilíbrio dos músculos da perna e plantares.

                                                             Pé Convergente

            O pé abduto a rotação lateral do tornozelo e o hálux se aproxima da linha lateral. Os exercícios seguem os mesmos princípios do pé convergente, priorizando a eversão da rotação do tornozelo.


                                                                   Pé Abduto

Nenhum comentário:

Postar um comentário